CDs GRUPOS MUSICAIS TRAJETÓRIA WORKSHOPS E CURSOS FOTOS E IMPRENSA BLOG

Capa do CD

Laura Campanér e Mônica Camargo
“Lua Branca”

Confirmando a forte tendência do cenário atual, para a formação de grupos instrumentais compostos por mulheres, o duo “Lua Branca” conta com a flautista Mônica Camargo, integrante da Orquestra Sinfônica de Santo André e da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo e com a violonista Laura Campanér.

O duo “Lua Branca” nasceu em 1999, com a proposta de tocar música seresteira. Logo em seus primeiros anos de atuação, à pedido do público, veio a necessidade de gravar algumas das canções mais tocadas em shows, o que resultou no CD “Serestas”, lançado em 2003 pelo selo Borage Diskos.

"Serestas", como diz o título, traz uma série de canções seresteiras que marcaram nossa história musical. Músicas como "A Banda" (Chico Buarque), "Ontem ao Luar" (Catulo da Paixão Cearense/Pedro Alcântara) e Carinhoso (Pixinguinha/João de Barro), estão reunidas num repertório que nos transporta para um lugar imaginário - talvez para uma praça, um coreto de uma pequena cidade - através da suave sonoridade proporcionada pela união entre a flauta e o violão.

O disco traz ainda duas músicas instrumentais compostas por Laura Campanér: “Uma Voz” e “Filme Triste”. A música "Lua Branca", da Opereta "O Forrobodó" de Chiquinha Gonzaga, que dá nome ao duo, não poderia deixar de estar presente neste trabalho de sonoridade pura.

Como comentou Beto Vieira, por ocasião do lançamento do disco “Serestas”. “O resgate proposto pelo Duo Lua Branca é muito mais do que musical. A simplicidade da formação remete a um passado romântico em que instrumentos eletrônicos ainda não tinham vez e o grande palco era a rua, de preferência próximo a uma janela feminina. Agradável e singelo, o CD não vai estar em nenhuma lista dos mais vendidos. Mas, com certeza, faz a diferença”.

  • Voltar aos Grupos Musicais